EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .


Você está aqui: Capa » Blogs » Dário Teixeira Cotrim » Termo de Ajustamento de Conduta

Termo de Ajustamento de Conduta

dario teixeira cotrim 2Por Dário Teixeira Cotrim* 

Estou completamente estarrecido com a matéria jornalística da Revista Integração Bahia, de março de 2015 – (clique aqui). Diz no título do texto que a “Prefeitura [de Guanambi] terá que substituir nomes de pessoas vivas ou ligadas à ditadura militar de bens públicos” e, na legenda da fotografia que ilustra a reportagem, diz ainda que a “Av. Humberto de Alencar Castelo Branco é uma das muitas que terão nome substituído”. Pergunta-se: em todas as cidades brasileiras o procedimento será o mesmo de Guanambi? Se for assim, como determina o Ministério Público Federal, certamente que o importante Memorial do Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, em Fortaleza-Ceará, deverá ser demolido, eliminado do mapa. Talvez, quem sabe, todos os monumentos, ruas e avenidas passarão a ter os nomes de Lamarca, Luiz Carlos Prestes, Hugo Chávez e Che Guevara em substituição aos de Castelo Branco, Costa e Silva, Ernesto Geisel, Garrastazu Médici e João Batista de Figueiredo.

Tudo isso é um absurdo, uma autêntica falta de respeito do Ministério Público Federal em firmar este Termo de Ajustamento de Conduta com o poder executivo do nosso município. A organização criminosa do PT não pode excluir nomes que outrora fizeram a nossa história para satisfazer caprichos de um segmento criminoso liderado por Lula e Dilma. Quem mais prejudicou a nação brasileira foram os que assaltaram a Petrobras e por isso condenou o Brasil a bancarrota. Na reportagem da Revista Integração Bahia ainda diz que “deverá retirar fotografias ou outras referências que as caracterizem”. Muito bem, por que não retirem as placas das obras inacabadas, como a Transposição do Rio São Francisco e a inauguração da Refinaria Premium I, no Maranhão e outras centenas mais delas?

Eu tenho um apreço digno, uma consideração e um carinho muito especial pelo nosso prefeito Charles Fernandes. Entretanto, quando ele assumiu apoiar o PT eu fiquei muito triste. Foi uma decepção sensitiva, haja vista que a história do famigerado PT, nunca, em momento alguma, contribuiu para o desenvolvimento de nossa terra. Por outro lado, é do conhecimento de toda a nação brasileira dos atos de corrupção do ex-governador Jaques Wagner. Guanambi é uma cidade rica, desenvolvida e bonita, não necessita das esmolas do governo petista. Certamente que o prefeito de Guanambi, Charles Fernandes, teve boas intenções, mas o seu ato impensado somente lhe trará muitos dissabores e aborrecimentos num futuro bem próximo.

Registra-se a nossa história que, se não fosse a coragem e a determinação do marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, o Brasil de hoje seria uma Cuba dos irmãos Castros ou, talvez, uma Venezuela do Nicolás Maduro. O socialismo defendido por Lula e seus asseclas só tem um objetivo: a permanência do famigerado PT no poder, inclusive, através do golpe para sacramentar o regime ditatorial. Infelizmente a justiça brasileira não tem mais a confiança do sensato povo brasileiro. O Ministério Público Federal sabe disso e não se corrige a tempo, preocupando somente em satisfazer aquilo que é do interesse deste governo corrupto. Infelizmente!

Não se pode negar que o Supremo Tribunal Federal está aparelhado com os afilhados do ex-presidente Lula. Aliás, todos os partidos políticos (sem exceção) estão de rabo preso com a corrupção petista. E, volta e meia, o PT traz a lume fatos desta natureza no intuito de camuflar os desserviços que prejudicam a nação e, em especial, a classe trabalhadora. Nota-se que a Comissão Nacional da Verdade somente foi criada para elucidar os abusos da Revolução de 1964 e nada mais. Entretanto, os inúmeros assaltos a bancos promovidos pelos guerrilheiros José Dirceu e Dilma Rousseff, e os crimes cometidos por José Genoíno na caçada aos guerrilheiros do Araguaia, esses a CNV faz vista grossa e nada fala sobre eles. É preciso passar o Brasil a limpo!

*Dário Teixeira Cotrim – historiador (Sócio Emérito do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais).

Um comentário

  1. Dário Teixeira Cotriim

    Fiquei muito contente com a publicação do meu texto no seu site. Um amplexo do Dário Teixeira Cotrim

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top