EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .
Você está aqui: Capa » Destaques » Implantação do curso de Medicina em Guanambi já tem autorização do MEC publicada do DOU

Implantação do curso de Medicina em Guanambi já tem autorização do MEC publicada do DOU

pitagoras-guanambi

As Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc) estão aptas para cumprir a implantação do curso de Medicina em Guanambi (BA). Na manhã dessa quinta-feira (03/11), foi publicado, no Diário Oficial da União (DOU), a portaria que autoriza a implantação da Faculdade no município baiano, expedida pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (MEC).

Segundo a publicação, o processo tem o objeto de estabelecer obrigações e deveres entre as partes para a implantação e funcionamento do curso de Medicina no município de Guanambi, conforme previsto no edital 6/2014.

De acordo com o diretor jurídico das FIPMoc, Dr. Élio Ribeiro Soares, este é o ponto final do Edital MEC/SERES 006/2014. “Temos um projeto que foi apresentado ao MEC e iremos cumpri-lo conforme o cronograma”, garantiu. Segundo ele, os próximos passos para início dos trabalhos é cumprir com o cronograma do edital. “O início das atividades do curso de Medicina tem um prazo fixado, a contar da assinatura do Termo de Compromisso e apresentação da Garantia de Execução”, concluiu o diretor.

pitagoras-guanambi-1

PADRÃO EDUCACIONAL

“Estamos levando um curso de Medicina de alta qualidade, com uma equipe de professores experiente e titulada, e faremos o nosso melhor para o curso ser um sucesso”, informou a Professora Fátima Turano – diretora executiva e sócia-proprietária das Faculdades Integradas Pitágoras. Para ela, Montes Claros tem uma relação de reciprocidade com Guanambi, por ter características parecidas. “As duas cidades são pólo de desenvolvimento econômico e educacional com muita influência nas cidades circunvizinhas”, justificou.

pitagoras-guanambi-2
Diretores da FIP estiveram em Guanambi para tratar do assunto

“Após apresentação da Garantia de Execução e assinatura do Termo de Compromisso, aguardávamos a publicação no DOU, que torna público e oficializa nosso compromisso com Guanambi”, revelou Fátima Turano.

“Fizemos um planejamento estrutural e de pessoal, que será acompanhado pelo MEC, prevendo a disponibilização de um prédio e utilização das unidades básicas de saúde do município, bem como dos hospitais, que atenda à proposta pedagógica prevista para o curso” completou a diretora.

SAÚDE PÚBLICA

Além da função educacional da FIP-Guanambi, destacou a diretora, “o projeto prevê, também, melhorias para os postos de saúde, onde os alunos serão acompanhados de preceptores, desde o primeiro período do curso, nos hospitais da região, em função do número de leitos disponibilizados pela Prefeitura, e culminando com a residência médica em Saúde da Família”.

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top