EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .


Você está aqui: Capa » Cidades » Bom Jesus da Lapa » Obras da ponte da Fiol sobre o Rio São Francisco estão avançadas

Obras da ponte da Fiol sobre o Rio São Francisco estão avançadas

obras fiol ponte sao francisco

Em meio a tanta falta de esperanças e incertezas com relação ao futuro da Ferrovia Da Integração Oeste Leste (Fiol), as obras da ponte da sobre o Rio São Francisco, do lote 5A da Fiol, continuam sendo executadas com regularidade. Segundo a deputada Ivana Bastos, presidente da Comissão que trata do tema na Assembleia Legislativa da Bahia, que esteve no local, a “imagem é de esperança” da conclusão da ferrovia.

A parlamentar destacou o avanço das obras sobre o Rio Francisco, como mostram as fotos tiradas pelo consórcio responsável pelas obras. Para a deputada, mais que uma bela imagem, o desenhar físico das obras é o autentico símbolo da esperança de todos os baianos, que seguem acreditando e lutando por está obra estruturante e estratégica para a Bahia.

“A nossa persistência tem impedido que as obras sejam efetivamente paralisadas enquanto o imbróglio sobre a modelagem de concessão e exploração da Fiol e Porto Sul sejam definitivamente demarcadas em Brasília. De outro lado, a ponte sobre o Rio São Francisco é essencial para o barateamento do escoamento da produção de grãos do oeste baiano, via Fiol e Porto Sul”, destacou a parlamentar.

O Lote 5A

A Ponte sobre o Rio São Francisco, localizada entre Serra do Ramalho e Bom Jesus da Lapa (BA) – O Lote 5A – medirá 2,9 quilômetros de extensão (1km sobre o rio), 78 pilates, 80 vãos de 35 metros cada e um vão central de 110 metros. A altura da ponte, incluindo pilar, blocos e tubulões é de 42,32 metros. Os recursos, previstos inicialmente, para execução das obras e serviços de engenharia é da ordem de R$ 135 milhões.

A Ferrovia Fiol

Com 1.527 quilômetros de extensão, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) atravessa 64 municípios entre a Bahia e o Tocantins, sendo 49 só na Bahia. O modal irá estabelecer a comunicação entre os municípios de Ilhéus, Caetité e Barreiras, cruzando o estado da Bahia até Figueirópolis, no Tocantins, ponto da sua interligação com a Ferrovia Norte-Sul (FNS).

Quando concluído, o eixo ferroviário irá dinamizar o escoamento da produção do estado da Bahia e otimizar a operação do Porto Sul, além de abrir uma nova alternativa de logística para portos no norte do país atendidos pela Ferrovia Norte-Sul e Estrada de Ferro Carajás. O valor global de investimento gira em torno de R$ 7,25 bilhões.

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top