EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .
Você está aqui: Capa » Editorias » Agronegócios » Por causa do greve dos caminhoneiros Bahia Farm Show é prorrogada até domingo (3)

Por causa do greve dos caminhoneiros Bahia Farm Show é prorrogada até domingo (3)

bahia farm show

A Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), organizadora da Bahia Farm Show, confirma a abertura oficial do evento nesta terça-feira (29), em Luís Eduardo Magalhães/BA. A alteração fica por conta do encerramento, que, excepcionalmente neste ano, ocorrerá no domingo (3 de junho) e não mais no sábado (2), como divulgado anteriormente. A mudança, segundo os organizadores, é para garantir a segurança comercial dos expositores que ainda não conseguiram chegar à feira.

A decisão foi mantida por considerar a grandiosidade e a importância da feira para a economia regional, e também em respeito aos agricultores, pesquisadores, estudantes e, sobretudo, aos expositores que já encontram-se em Luís Eduardo Magalhães, com boa parte das estruturas montadas.

A coordenação do evento ressalta que dilatou o prazo de descarga de equipamentos e permanência de operários dentro do Complexo Bahia Farm Show. Assim, as empresas que ainda não conseguiram montar seus estandes ou o fizeram parcialmente, devido à greve nacional, terão acesso ao parque até às 5h da manhã desta terça-feira (29), pouco antes da abertura oficial do evento. Também serão permitidos o acesso e montagem após as 20h de cada dia da feira, para que o expositor participe do evento da melhor forma possível.

Ainda que, durante os seis dias, todos os estantes não estejam totalmente finalizados, o evento ocorrerá, pois os expositores não deixarão de receber os clientes e de apresentar a eles seus catálogos de produtos e serviços. Além disso, os agricultores estão mobilizados para comparecer em massa à feira, não só para comercializar, como também para atualizar conhecimento, através das palestras e debates.

A organização da Bahia Farm Show, mesmo declarando apoio ao movimento dos caminhoneiros e a importância da luta pela redução dos preços dos combustíveis, defende que a greve não pode atrapalhar a realização da feira, pois o seu cancelamento implicaria em prejuízos incalculáveis à região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), tanto na parte econômica como na parte social.

Com informação da Ascom Aiba

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top