EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .
Você está aqui: Capa » Destaques » IBGE estima que a Bahia perde 531,8 mil hab em 2018; 416 municípios perderam habitantes

IBGE estima que a Bahia perde 531,8 mil hab em 2018; 416 municípios perderam habitantes

luis eduardo magalhaes
Vista aérea da cidade de Luís Eduardo Magalhães (imagem pesquisa Google)

A população da Bahia diminuiu em 531,8 mil pessoas em relação ao ano passado, um decréscimo populacional de 3,46%. Segundo estimativa do IBGE, divulgada no final de agosto, o estado agora tem 14.812.617 ante os 15.344.447 contados em 2017. Mesmo assim, o estado segue na quarta posição em número de pessoas, ficando atrás de São Paulo [45,5 milhões], Minas Gerais [21 milhões] e Rio de Janeiro [17,1 milhões].

Conforme a estimativa, a capital baiana tem atualmente 2.857.329, queda de 3,27% em relação aos 2.953.986 de 2017. A cidade também figura em quarto lugar em número de pessoas. As três mais populosas do país são pela ordem, São Paulo [12,2 milhões], Rio de Janeiro [6,7 milhões] e Brasília [2,9 milhões].

Municípios baianos perderão receita

eures ribeiro upb

Eures Ribeiro, presidente da UPB (Foto: Imagem/TV Bahia)

Segundo cálculos de Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), publicado no Diário Oficial da União dia 29/8, dos 417 municípios existentes no estado, 416 tiveram redução de habitantes. Por conta dessa diminuição, em 58 dessas cidades haverá perdas no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e alguns programas federais.

Diante da situação, a União dos Municípios da Bahia (UPB) orienta aos prefeitos a questionarem a contagem populacional, para evitar prejuízos. Somente o município de Luís Eduardo Magalhães, no sudoeste do estado, ganhou mais população.

“É uma situação extremante grave, pois já que os repasses federais para alguns programas de saúde, ICMS e o próprio fundo de participação são distribuídos com base per capita. Na crise que estamos, teremos municípios perdendo receitas significativas”, declarou à imprensa baiana o presidente da UPB e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Eures Ribeiro (prefeito de Bom Jesus da Lapa).

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top