EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .


Você está aqui: Capa » Editorias » Agronegócios » Irrigação de Ceraíma: Codevasf inaugura reestruturação e modernização de sistema de R$ 15,9 mi em Guanambi nesta sexta

Irrigação de Ceraíma: Codevasf inaugura reestruturação e modernização de sistema de R$ 15,9 mi em Guanambi nesta sexta

O novo sistema, de alta eficiência no uso de água, consumiu investimentos da ordem de R$ 15,9 milhões. Foto: reprodução)

O novo sistema, de alta eficiência no uso de água, consumiu investimentos da ordem de R$ 15,9 milhões. Foto: reprodução)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) inaugura nesta sexta-feira (2) obras de reestruturação e modernização do projeto público de Irrigação do Distrito de Ceraíma, de Guanambi (BA). As intervenções consumiram R$ 15,9 milhões – com investimento de emendas parlamentares do Orçamento Geral da União, principalmente do deputado federal Arthur de Oliveira Maia (DEM/BA).

Diversas autoridades estarão prestigiando a cerimônia, dentre as quais: o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Correia Costa Dias; o diretor de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf (respondendo a presidência da empresa, Sérgio Costa); diretor de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação da Codevasf, Luís Napoleão Casado; o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA), Harley Xavier Nascimento, o diretor regional de Guanambi, Hudson Caldeira de Faria, além de parlamentares, autoridades municipais, produtores rurais, representantes da Cooperativa Agrícola de Irrigação do Projeto Ceraíma (Cooperc) e do Escritório regional da Codevasf.

DE SULCO PARA MICROASPERSÃO

O antigo sistema, por sulco, foi substituído por irrigação por microaspersão. (Foto: arq./Revista Integração bahia

O antigo sistema, por sulco, foi substituído por irrigação por microaspersão. (Foto: arq./Revista Integração bahia

A nova infraestrutura implantada no Perímetro irrigado de Ceraíma possui – segundo a Codevasf – alta eficiência no uso de recursos hídricos, e por isso busca assegurar sustentabilidade ao projeto. Um antigo sistema de irrigação por sulcos foi substituído por um sistema de irrigação por microaspersão para elevar a eficiência de uso de água a 85%. Já a substituição dos antigos sistemas de condução da água – que funcionavam com canais e acéquias, por tubulações fechadas – eleva a eficiência a 95%, afirma o órgão.

As ações permitem redução de quase 50% do consumo das reservas de água da barragem de Ceraíma. Além dessas intervenções, serão entregues, também nesta sexta-feira, a reforma de edificações e a pavimentação das estradas na área do distrito agrícola.

756 HECTARES PARA 112 FAMÍLIAS

Os 112 lotes irrigados, distribuídos para 112 famílias de colonos, somam uma área irrigável de 756 hectares.

Os 112 lotes irrigados, distribuídos para 112 famílias de colonos, somam uma área irrigável de 756 hectares.

Localizado no distrito de Ceraíma, distante 12 km da sede municipal de Guanambi, o Projeto Público de Irrigação Ceraíma está em operação desde o início da década de 1970. Posteriormente foi redimensionado para 112 lotes irrigados, aos quais se somam 16 áreas produtivas, distribuídas a 112 famílias de colonos que juntas cultivam uma área irrigável de 756 hectares.

ESCOLA AGROTÉCNICA

Nesses limites do projeto Ceraíma está implantada também a antiga Escola Agrotécnica Federal Antônio José Teixeira, atual Instituto Federal Baiano (IFBAIANO) e uma estação de piscicultura (cedida pela Codevasf), que envolvem, direta e indiretamente, mais de três mil pessoas em atividades agrícolas de cultivo de manga, banana, goiaba, abóbora, mandioca, hortaliças e outras culturas temporárias.

Com a estrutura atual, a produção do Projeto Ceraíma vai abastecer mais de uma dezena de municípios da região, a exemplo de Guanambi, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Urandi, Candiba, Caetité e outros, cujos municípios somam mais de 200 mil habitantes.
Fonte: Ascom Codevasf | Sede / Brasília (DF)

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top