EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .


Você está aqui: Capa » Agenda Cultural » Noite de autógrafos reúne Cotrim, Sena e Macário em Guanambi pelas letras

Noite de autógrafos reúne Cotrim, Sena e Macário em Guanambi pelas letras

laçamentos livros 2

No auditório da Câmara de Vereadores de Guanambi, na noite da última quinta-feira (15), três autores, membros do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros (IHGMC), num cerimonial compartilhado lançaram suas novas produções literárias: Dário Teixeira Cotrim lançou o livro “Guanambi: História Política e Administrativa – 1919-2019” e Lázaro Francisco Sena, “O Ginásio de Guanambi”, ambos pela Millennium Gráfica e Editora; e o jornalista Jeremias Macário de Oliveira autografou seu terceiro livro ”Andanças”, produção independente.

O evento, presidido pelo veterano acadêmico e diretor do IGHMG, Wanderlino Arruda, e assistido por grande número de populares, foi promovido pela Secretaria de Cultura Esporte e Lazer de Guanambi, como parte das celebrações do Centenário de emancipação politicoadministrativa do município.

Prestigiaram o ato o prefeito Jairo Silveira Magalhães, os ex-prefeitos Vá Boa Sorte e Sizalta Donato, além do secretário da Cultura, Paulo Costa, e outras muitas personalidades das Letras de Guanambi.

No entender de Jeremias Macário, “ao contrário do que muitos pensavam, de que um lançamento coletivo não teria espaço para todos, a reunião de escritores levou mais conhecimento ao público, já que teve várias opções para adquirir as obras. Os trabalhos apresentados tiveram uma boa procura, principalmente por causa da diversidade dos temas”.

Dário Cotrim, Wanderlino Arruda, Denise Cotrim e Lázaro Sena

Dário Cotrim, Wanderlino Arruda, Denise Cotrim e Lázaro Sena

Dário Cotrim – Autor de outros 52 livros, de diferentes conteúdos literários, o guanambiense Cotrim, radicado em Montes Claros/MG, em mais uma obra esmiúça a história política e administrativa de sua terá natal. Sua vivência nas muitas agremiações literárias de Minas e Bahia e sua versatilidade com as letras o têm feito merecedor de repetidas homenagens. Por sua obra “Guanambi: História Política e Administrativa – 1919-2019” Guanambi enriquece sua fonte de pesquisa e sua história.

Lázaro Sena – Igualmente guanambiense, o coronel PM da reserva por Minas Gerais, Lázaro Sena, debuta na arte literária trazendo suas reminiscências dos seus tempos do Ginásio Guanambi, o que enriquece as fontes a quem busca conhecer a Guanambi de ontem.

MacarioJeremias Macário – O veterano Jornalista, radicado em Vitória da Conquista/BA, que por 35 anos ajudou a escrever o diário Jornal A Tarde, da Bahia, nos presenteia com “Andanças”, o seu terço livro – depois de “A Imprensa e o Coronelismo no Sudoeste da Bahia” e “Uma Conquista Cassada – Cerco e Fuzil na Cidade do Frio”, que narra episódios dos tempos do Brasil sob Regime Militar em 1964, especialmente os vividos no Sudoeste baiano. Já o livro “Andanças” trás à memória histórias e contos da mente do jornalista, entrelaçados de poemas.

 

Instituto Histórico de Guanambi será criado

Vá Boa Sorte, Jairo Magalhães, Walnderlino Arruda, Paulo Costa e Lucília Donato

Vá Boa Sorte, Jairo Magalhães, Walnderlino Arruda, Paulo Costa e Lucília Donato

Por entender ser oportuno e, de certa forma, um presente pelo Centenário de Guanambi, o historiador e poeta Wanderlino Arruda, diretor de protocolo do IHGMC, que presidiu o cerimonial, anunciou a intenção daquele instituto mineiro de contribuir para a criação, ainda este ano, do Instituto Histórico e Geográfico de Guanambi (IHGG). “É vontade dos nossos acadêmicos Dário Cotrim e Lázaro Sena e um propósito do nosso instituto estreitar os laços culturais entre Montes Claros e Guanambi”, justificou Arruda.

E por considerar certa esse projeto, a o IHGMC decidiu nomear a professora Nice Amaral a “Presidente de Honra” do futuro instituto, por considerar a professora guanambiense a merecedora de tal homenagem, dado à sua imensurável contribuição à educação e cultura de Guanambi.

Nova Biblioteca

No calor dos pronunciamentos e homenagens, ainda no âmbito da cultura, o prefeito Jairo Magalhães anunciou a construção de uma biblioteca Pública moderna, ainda para este ano, dependendo apenas de alguns trâmites formais com o Governo do Estado no que tange ao terreno onde será edificado o novo equipamento.

A nova da Biblioteca substituirá a antiga Biblioteca Professora Nice Amaral, cujo equipamento fora desativado há mais de oito anos, tem sido alvo de crítica e cobrança por parte dos moradores. “É um compromisso nosso, da administração Jairo Magalhães, de prover a nossa cidade uma biblioteca pública moderna para atender a demanda dos nossos jovens”, disse o secretário Paulo Costa.

 

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top