EDIÇÃO ATUAL

Guanambi . Bahia .


Você está aqui: Capa » Plantão de Notícias » Arquivo de Notícias » Contagem regressiva na Bahia para a fase final dos Jogos Universitários Brasileiros

Contagem regressiva na Bahia para a fase final dos Jogos Universitários Brasileiros

jogos-universitarios-brasileiros-2017-league-of-legends

Estamos oficialmente no mês da maior competição universitária da América Latina: a Fase Final dos Jogos Universitários Brasileiros, JUBs. De 21 a 28 de outubro, a Bahia recebe aproximadamente 2.500 atletas e técnicos, que darão seu melhor para conquistar a medalha de ouro.

Em seis dias de competição, 13 modalidades serão disputadas: acadêmico – disputa de artigos científicos relacionados ao esporte/saúde –, basquete, basquete 3×3, cheerleading, jogos eletrônicos (FIFA e League of Legends), futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei e vôlei de praia.

O Comitê Organizador disponibilizou 13 praças esportivas entre ginásios, auditórios e a Arena Aquática de Salvador, espaço com a mesma estrutura da Rio 2016.

O Boulevard dos Atletas, uma das atrações mais esperadas pelos participantes, ficará na praia do Hotel Stella Maris. O espaço contará com atividades como futsinuca, futebol de sabão, aulas de caiaque, stand up paddle e surfe, karaokê, tênis de mesa, spikeball, futmesa e atrações musicais.

Novidade

Este ano a competição conta com uma nova modalidade: o cheerleading. Composta por levantamentos, acrobacias, saltos, dança e pirâmides, o esporte vem crescendo cada vez mais fora dos Estados Unidos, e o Brasil não ia ficar de fora.

Em 2011 foi criada a primeira competição nacional, em 2016, as estaduais, e, em 2019, a modalidade entra para a grade do JUBs.

“A CBDU vem, todos os anos, tentando aproximar mais o esporte universitário do seu público – o público jovem – com aumento do movimento do esporte universitário no âmbito das atléticas. Modalidades como cheerleading, skate, e-games e até mesmo as baterias vêm ganhando força para compor o programa de atividades dos JUBs”, explica Luciano Cabral, presidente da Confederação.

Novo formato

Até 2017, os alunos-atletas eram mensurados a partir das etapas regionais ou nacionais, mas, a partir de 2018, passaram a ser quantificados a partir da fase estadual pois, no novo formato, as Federações Universitárias Estaduais fazem o JUBs Estadual como primeira classificatória para a Fase Final.

Competições internacionais

Os Jogos atuam ainda como seletiva para competições universitárias internacionais, como a Universíade, que recebe, a cada dois anos, mais de 10 mil participantes de 170 países. Neste ano, 116 atletas fizeram parte da delegação brasileira que disputou a Universíade de Verão em Nápoles, Itália. O Brasil teve seu melhor resultado com cinco medalhas de ouro na competição.

Por: Fabiana Barcelos | Asses. imprensa CBDU

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top