REVISTA DIGITAL

Guanambi . Bahia .


Você está aqui: Capa » Plantão de Notícias » Arquivo de Notícias » Aeroporto de Guanambi pode ser homologado pela ANAC ainda este mês

Aeroporto de Guanambi pode ser homologado pela ANAC ainda este mês

As obras do aeroporto de Guanambi foram concluídas há mais de 6 meses. (foto relacionada/ reprodução

As obras do aeroporto de Guanambi foram concluídas há mais de 6 meses. (foto relacionada/ reprodução.

Em audiência com o deputado federal Charles Fernandes, último dia 30/10, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Ricardo Botelho, anunciou que fará, ainda este mês, uma inspeção final para liberação do Aeroporto Isaac Mouro Rocha, de Guanambi, a operar linhas comerciais.

No encontro, o deputado pediu agilidade dos trâmites para a obtenção da certificação e homologação do Aeroporto, já que todas as modificações e ampliações estruturais foram executadas para operar voos sem as restrições antes impostas pela própria Anac. Na oportunidade, o presidente do órgão assegurou agilidade no processo e comunicou ao deputado que até o dia de 20 deste uma equipe técnica estará em Guanambi para fazer a averiguação final e uma possível liberação do espaço.

“A liberação do aeroporto servirá não só a Guanambi, mas a toda região, e esta é a última etapa para a concretização de um sonho” comemorou o deputado.

Há décadas essa comunidade regional da região da Serra Geral espera pela liberação de tais estruturas aeroportuárias e por transporte aéreo em rotas comerciais ligando a região a outros centros comerciais, principalmente com Salvador, Belo Horizonte, Brasília e São Paulo.

Desde o ano de 2015 algumas intervenções estruturais foram realizadas na área do aeroporto, como ampliação do saguão de embarque e desembarque, estrutura de bombeiros, balizamento, cercas patrimoniais, recapeamento da pista, dentre outras. Posteriormente foram autorizados novos recursos, da ordem de R$ 7 milhões, para novas estruturas, incluídos uma nova pavimentação asfáltica da pista de 1.700m. Mesmo depois de todas essas investidas, e já decorridos mais de seis meses, a comunidade continua a espera do prometido transporte aéreo.

Naquela oportunidade, a Azuis Linhas Aéreas e a Passaredo demonstraram interesse em operar voos regulares a partir de Guanambi. A Azul chegou inclusiva a anunciar o voo inaugural para dezembro daquele ano. Mas, sem uma argumentação convincente, nenhuma das empresas foi homologada. Quem sabe desta vez essa demanda chega ao fim.

Três décadas atrás o aeroporto de Guanambi já recebia grandes aeronaves, sem qualquer problema, e oferecia linhas aéreas para vários destinos. (foto arq./Integração)

Três décadas atrás o aeroporto de Guanambi já recebia grandes aeronaves, sem qualquer problema, e oferecia linhas aéreas para vários destinos. (foto arq./Integração)

É importante lembrar que 35 anos atrás Guanambi já era servida por linhas aéreas – pela extinta Nordeste Linhas Aéreas – com voos regulares, duas vezes por dia, para Salvador (com escala em Vitória da Conquista) e São Paulo (com escalas em Montes Claros/MG e Belo Horizonte/MG). Naquele tempo, para a maioria dos voos, existia fila de passageiros. Dá para imaginar, por conseguinte, como seria a demanda hoje.

Governador confirma

O governador da Bahia, Rui Costa, durante recente visita que fez à cidade de Urandi,  confirmou ao prefeito de Guanambi Jairo Magalhães e à deputada Ivana Bastos, o compromisso da Anac e o compromisso com Charles Fernandes.

Dando como certo a homologação e o interesse de duas empresas aéreas, o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcante, disse que “a linha regional da Azul Linhas Aéreas e/ou Passaredo será o fruto de uma parceria vencedora entre o Governo do Estado com a prefeitura, que trabalharam arduamente para que em breve seja concretizado”.

À imprensa o prefeito Jairo Magalhães reafirmou a importância da informação: “O governador vem cumprindo com o compromisso; e esta linha aérea será a redenção de nossa cidade e região, integrando com agilidade Guanambi com todo o mundo”.

 

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top