REVISTA DIGITAL

Guanambi . Bahia .
Você está aqui: Capa » Plantão de Notícias » Arquivo de Notícias » Com 237 representantes, CNI lidera maior missão empresarial para o mundo árabe

Com 237 representantes, CNI lidera maior missão empresarial para o mundo árabe

Formada por mais de 320 empresários e lideranças empresariais e de instituições, delegação estará nos Emirados Árabes Unidos para prospectar oportunidades de negócios e de investimentos. Imagem: Agência CNI de Notícias

Formada por mais de 320 empresários e lideranças empresariais e de instituições, delegação estará nos Emirados Árabes Unidos para prospectar oportunidades de negócios e de investimentos. Imagem: Agência CNI de Notícias,

A maior missão comercial já realizada para um país árabe começa a desembarcar nos Emirados Árabes Unidos. Liderada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), uma delegação formada por 327 representantes de 230 indústrias e instituições inicia, a partir de 13 de novembro, uma agenda que inclui rodadas de prospecção de negócios, networking empresarial, visitas técnicas e de busca de oportunidades de investimentos em Dubai.

Com programação até 19 de novembro, a missão tem como pano de fundo a Expo Dubai 2020, o maio evento em curso no planeta. Segundo o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, por reunir autoridades e lideranças empresariais de diversas partes do mundo, a exposição mundial representa um ambiente propício ao estreitamento de contatos entre o setor privado e para se conhecer melhor o mercado local.

“O Brasil é reconhecido pelos Emirados Árabes como um parceiro estratégico. Há uma sintonia muito natural entre os árabes e o Brasil e eles veem o Brasil como um país de oportunidades, não apenas pelo tamanho do mercado de consumo como também pela influência e relevância que o país tem para a América Latina”, diz Robson Andrade.

Agenda completa para altos executivos brasileiros

Realizada em parceria com a Apex-Brasil e com o apoio da Dubai Chamber e da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB), a missão empresarial reúne, além de representantes de entidades estaduais e setoriais da indústria, altos executivos e proprietários de empresas. Dos 327 integrantes da missão, por exemplo, 77% são CEOs ou donos de indústrias (veja mais detalhes na arte abaixo).

A gerente de Internacionalização da CNI, Sarah Saldanha, explica que a programação desenvolvida pela CNI para o público visa dar ferramentas ao empresário brasileiro para que concretize negócios ou projetos de investimentos nos EAU. Além de fornecer conhecimento prático e informações de mercado, a agenda da missão inclui palestras sobre aspectos socioculturais de negociações com o mundo árabe e apresentação das entidades que atuam nesses países em negócios e investimentos.

“As empresas participarão de uma série de visitas técnicas conectadas aos interesses das empresas, como pontos de venda de varejo, áreas portuárias e logística, centros financeiros e Núcleos de tecnologia e inovação. A ideia é que a empresa vivencie os EAU e respire a sua cultura empresarial e jeito de fazer negócios”, conta Sarah Saldanha.

“Já as empresas mais maduras mais maduras poderão, ainda, participar de sessões de networking empresarial nas quais, facilitados por consultores especialistas, poderão apresentar seus negócios e projetos e já estabelecer pontes para uma futura atuação comercial ou de investimento com os EAU.”

FONTE: IMPRENSA | CNI

Comente esta matéria

O seu endereço de email não será publicado. Campos requeridos estão marcados *

*

Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser sobre o tema da matéria e sobre os comentários que surgirem. As mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas. Os que transgredirem essas normas poderão ter interrompido seu acesso a este veículo.

Scroll To Top